fbpx

Arroz Carreteiro e Feijão Tropeiro

 

Arroz carreteiro e feijão tropeiro são uma bela combinação que traz uma pitadinha do Sul e do Sudeste brasileiro para a cozinha! Bom para fugir um pouco do arroz e feijão de todo dia.

Pode usar charque (ou carne-seca – jerked beef, carne-de-sol), bacon, calabresa e coisas básicas, como arroz cru, feijão cozido e temperos!

Não coloquei coentro e nem salsa porque o pessoal de casa não gosta muito, mas podem acrescentar na receita de vocês (amo coentro)! Também não utilizei ovo para fazer o Feijão Tropeiro, mas a receita original tem ovos mexidos (aqui o pessoal come ovo quase todo dia e resolvi maneirar)!

O charque é uma carne curada (tipo de método de preservação) com nitrito e nitrato de sódio e precisa ser dessalgada para ficar agradável ao paladar. Utilizei a técnica do Chef José Luiz, que é bem simples e pode ser feita no dia do preparo! Vamos à receita?

Sim, tem vídeo da receita com o passo a passo!!

ARROZ CARRETEIRO

Ingredientes

  • 2L de água fervida
  • 500g charque (carne-seca, carne-de-sol)
  • 2 colheres (sopa) óleo vegetal ou banha
  • 1/2 cebola média, picada em cubos (ou processada)
  • 2 dentes alho bem picados (opcional)
  • 2 xícaras (chá) arroz cru 
  • Cebolinha picada a gosto

Modo de preparo

Em uma panela média, colocar o charque picado, adicionar 1 litro de água fervida e cozinhar em fogo médio.
Desligar assim que começar a ferver e descartar a água (pode utilizar um escorredor para ajudar).
Colocar 1 litro de água fervida novamente e deixar cozinhar o charque até que fique macio (cerca de 20 minutos, em fogo médio).
Reservar essa segunda água do cozimento do charque. Será utilizada no cozimento do arroz (dará o gostinho especial do arroz carreteiro!).
Experimentar o sabor (para sentir se o sal está adequado) e reservar. Colocar o charque em uma tigela e reservar.
Em outra panela, adicionar o óleo, colocar a cebola e refogá-la por 5 minutos em fogo médio. 
Acrescentar o alho refogar por menos de 5 minutos (até ficar um pouco dourado) e colocar o charque dessalgado.
Refogar por mais 5 minutos e adicionar o arroz. Mexer bem, até que cozinhe o arroz (mais 5 minutos). Acrescentar a água de cozimento do charque, até cobrir o arroz.
Cozinhar em fogo médio até o líquido evaporar e surgirem furinhos entre o arroz. Tampar por 15min para um arroz mai molinho.
Mexer ainda no arroz quente para ficar soltinho.

FEIJÃO TROPEIRO

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) óleo vegetal ou banha
  • 2 linguiças calabresas cortada em cubos
  • 300g bacon fatiados e cortados em cubos
  • 1  xícara (chá) farinha de mandioca fina (passada na manteiga ou normal)
  • 4 xícaras (chá) feijão cozido e temperado, sem o caldo
  • Cebolinha picada a gosto

Modo de Preparo

Dourar o bacon e a calabresa no óleo.

Adicionar o feijão cozido, sem o caldo e refogar por 5min.

Colocar a farinha de mandioca e envolver todos os ingredientes. Salpicar a cebolinha ao final do preparo.

Servir ainda quente!

Os pratos formam uma ótima combinação. Por incrível que pareça, um complementa o outro, mesmo sendo de regiões diferentes!

Arroz Carreteiro e Feijão Tropeiro
Receita de impressão
Arroz Carreteiro e Feijão Tropeiro
Receita de impressão
Compartilhar
Desenvolvido porWP Ultimate Recipe

6 comentários sobre “Arroz Carreteiro e Feijão Tropeiro

  1. Era o que eu precisava!! Queria saber se combina, e pensando bem, tem tudo a ver.Vou fazer em meu aniversário é depois escrevo o resultado.Grato.

    1. Espero que fique maravilhoso! Há vários jeitos de fazer o arroz carreteiro, pode até desfiar usando as mãos, garfos ou mesmo passando no processador!

  2. Justamente o que eu procurava “arroz carreteiro e feijão tropeiro”. Amei! Vou fazer hoje (13/06/2021- domingo)
    Obrigada, pela receita

    1. Oi, Adele! Nossa, obrigada pelo toque! vou ajeitar a receita. Mas no feijão tropeiro, pode colocar a farinha de mandioca ao final, depois de refogar os ingredientes (feijão, calabresa, bacon).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo