Grana Curta,  Sem Glúten,  Sem Glúten, Nem Lactose

Cuscuz Paulista

Um prato simples, sem segredos, que combina com o bolso (R$10-15)!  Precisaremos apenas de pimentão, molho de tomate, farinha de milho grossa (flocão), ovo, tomate e sardinha!

Cuscuz Paulista
Receita de impressão
Rendimento Tempo de Preparo
4 pessoas 15 minutos
Tempo de Cozimento
35 minutos
Rendimento Tempo de Preparo
4 pessoas 15 minutos
Tempo de Cozimento
35 minutos
Cuscuz Paulista
Receita de impressão
Rendimento Tempo de Preparo
4 pessoas 15 minutos
Tempo de Cozimento
35 minutos
Rendimento Tempo de Preparo
4 pessoas 15 minutos
Tempo de Cozimento
35 minutos
Ingredientes
Instruções de preparo
  1. Em uma panela, colocar o azeite, refogar a cebola por 5 minutos em fogo médio e acrescentar o pimentão. Refogar o pimentão por mais 5 minutos, acrescentar o milho e a ervilha, refogando tudo por mais 5 minutos.
  2. Acrescentar o molho de tomate ao refogado e deixar cozinhar por mais 5 minutos. Em uma panela à parte, refogar a sardinha, acrescentar o coentro e a cebolinha e refogar por 5 minutos. Misturar o refogado com o cuscuz e desligar o fogo. Reservar.
  3. Em outra panela, colocar a farinha de milho grossa, um pouco de azeite e a água. Misturar vigorosamente por 5-10 minutos, sem deixar empelotar (formar bolas) e grudar no fundo. Se ficar muito dura, pode colocar mais água no cuscuz até cozinhar bem (desgrudará do fundo).
  4. Untar uma forma de pudim com um pouco de azeite (costumo colocar algumas gotas de azeite no papel-toalha e passo por toda a forma). Adicionar o ovo e o tomate na forma, antes de colocar o cuscuz. Colocar o cuscuz com o refogado aos poucos, até preencher toda a forma. Esperar esfriar e desenformar (se quiser, pode deixar uns 10 minutos no forno a 210°C, tirar do forno, deixar esfriar e desenformar). Servir! (frio, fica mais gostoso ainda!)
Notas da Receita

A sardinha, misturada à cebolinha e ao coentro bem fatiados, fica com um aroma e sabor maravilhosos! Colocar uns temperos caseiros é indispensável para obter um cuscuz bem saboroso!

Um segredinho que fez o diferencial foi colocar o alho triturado no meu molho de tomate caseiro, peneirar o excesso de água e acrescentar apenas a polpa do tomate sem pele (pomodori pellati) batida no liquidificador. Utilizei a água do molho para cozinhar o cuscuz! Meu cuscuz ficou com um leve sabor de alho, o toque especial! 😉

Tenho outra receita do molho de tomate caseiro, aqui! Este já vem com alho e é mais espesso. Também fica delicioso!

Compartilhar
Desenvolvido porWP Ultimate Recipe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *